CIDADES HISTÓRICAS

Ouro Preto  –

Pela primeira vez nós dois tivemos oportunidade de conhecer esta cidade. E que cidade, além de um povo hospitaleiro, ela é rica em história, cultura, e digo mais ficamos impressionados com a quantidade de acervo histórico que os museus têm. Além de sua beleza dessa arquitetura estilo barroco e claro para quem gosta de arte sacra vai se impressionar com os detalhes das Igrejas.

Ficamos um dia inteiro, e foi o suficiente para conhecer esta cidade.

para poder fazer uma visita com mais tranquilidade e também garantir fotos e vídeos boas, sem aglomerações, recomendamos acordar bem cedinho, pois a partir das dez  (10 horas ) da manhã, a cidade fica bem cheia de visitantes.

O primeiro ponto que passamos foi a Praça de Tiradentes, nada mais é o ponto de encontro e início de todo o passeio.

Nesta praça, ao fundo já se encontra o Museu da Inconfidência, outro ponto que vale a pena conhecer. Lá dentro você pode encontrar todo acervo e memória da Inconfidência Mineira.

Também passamos pelas Igrejas São Francisco de Assis, Nossa Senhora do Carmo, Nossa Senhora do Rosário e a Nossa Senhora do Pilar. Belíssimas Igrejas com com muita arte sacra, ricas em ouro e pinturas com ilusão de ótica no teto.

Seguindo o roteiro, chegamos ao Museu Casa dos Contos, que no passado já foi “Casa de Contratos”, recolhia os impostos. 

Serviu para diversos fins, inclusive de carcere para os inconfidentes. Hoje é sede do Museu da Moeda, sendo o mais completo sobre a história da moeda e seu valor até os tempos atuais, além também de existir uma senzala no interior aberto á visitação.

mariana

Mariana – 

Outra cidade linda que conhecemos, foi a Cidade de Mariana. Fica apenas onze quilômetros ( 11 km ) de Ouro Preto. 

Esta pequena cidade e charmosa, além de muita história como Ouro Preto, seus visitantes preferem se hospedar nela, pelo fato de não haver tantas ladeiras e ser uma cidade mais tranquila, tipico de cidade de interior, com muitas pousadas e restaurantes com comidas tradicionais da região.

Aqui também, ficamos apenas um dia inteiro para conhece-la, passando pelas duas igrejas a do Nossa Senhora do Carmo e a Igreja São Francisco de Assis, entre elas há um pelourinho que junto a elas formam um belo conjunto arquitetônico.

Naquela época, por incrível que se pareça, haviam disputas entre igrejas, por isso uma do lado da outra, querendo mostra mais beleza, tamanho, e empoderamento e poder que se existia.

Logo a frente existe a Casa da Câmara e Cadeia. Importante construção da cidade, que logo mais tarde se torno como senzala, local de fundição de ouro e sede do governo estadual. Além também que podemos encontrar seu acervo e muita informação sobre eles.

Entre outras atrações que existem na cidade de Mariana, também temos existe uma estaçãozinha que por sua vez ainda funciona. Logo a frente há uma Maria Fumaça para tirar fotos, e também sai da estação um trem de turismo que tem seu como ponto final a cidade de Ouro Preto.

Uma dica que dou para aproveitar mais ainda esta cidade, ande pelas ruas tranquilamente observando sua arquitetura, garanto a você que irá garantir excelentes fotos dessa viagem para recordar.

CONGONHAS

Congonhas –

Outra cidade que vale a pena conhecer, é a Cidade de Congonhas. Ponto de início desse roteiro foi o Santuário de Bom Jesus de Matosinhos, o grande ápice do passeio.

Construído na segunda metade do século XVIII, o Santuário é Patrimônio Mundial Cultural pela UNESCO e possui estilo rococó em seu interior, contendo figuras dos patriarcas do Antigo Testamento, cenas da vida de Maria e do Menino Jesus e cenas da Paixão de Cristo. O altar-mor tem o Bom Jesus Crucificado.

A parte externa, é mesmo o mais interessante, com adro murado e escadaria, composta por estátuas dos doze profetas em pedra sabão. Feita por Aleijadinho. Cada profeta tem uma história diferente a revelar.

Logo a frente, existe o chamado Beco dos Canudos, Uma pequena rua que só pode ser acessada por pedestres, onde há diversas lojinhas que vendem os mais diversos produtos. Você consegue bons preços pechinchando e acaba levando lindos artesanatos.

Seguindo o roteiro, e não longe do Santuário, existe o Museu da Imagem e Memória de Congonhas. Um prédio novo e muito bem estruturado, bastante informação em imagens e videos que prendem sua atenção e som ambiente, seu acervo conta com fotos, documentos e objetos antigos da cidade e das personalidades que fizeram história de Congonhas.

Esta parte da cidade mais antiga, fica no alto de Congonhas, e por sua vez tem que ter aquele pique para subir e descer as ladeiras em pedras da época. No geral a cidade é bem tranquila e vale a penas, meio período de dia já é o suficiente para conhecer a parte histórica da cidade e claro registrar com belas foto.

Até o Fim do Mundo

Nos Sigam em nossas

Redes Sociais

Entre em Contato

Conosco

© 2017 - 2019 Até o Fim do Mundo Viagens - Todos os Direitos Reservados.

Desenvolvido por AFM WEB DESIGNER

Fechar Menu